Aprenda aqui como pagar menos imposto de renda!

Quando se fala em pagar menos imposto de renda, muitas pessoas ficam receosas acreditando que se trata de aplicar estratégias fraudulentas na Legislação que regulamenta essas questões. Entretanto, isso é uma ideia completamente equivocada.

Existem meios disponibilizados pela própria Lei para fazer esse tipo de processo funcionar e é isso o que vamos mostrar para você neste artigo. Então, acompanhe-nos nesta breve leitura!

Conheça os conceitos sobre o imposto de renda

O imposto de renda é um tributo federal, ou seja, a administração dele é realizado pela Receita Federal do Brasil. Existem duas modalidades: o Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) e o Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ).

Ambos incidem sobre a renda da empresa ou do indivíduo, mas têm alguns conceitos diferentes. O IRPF, por exemplo, pode ser retido diretamente na fonte de pagamento do contribuinte e deve ser declarado a cada ano por meio da famosa declaração do imposto de renda.

O IRPJ, por sua vez, tem um tratamento diferenciado. A empresa precisa apurar e recolher esse tributo e, exatamente neste ponto, podemos aplicar alguns conceitos legais para conseguir reduzir e encontrar uma alíquota adequada ao perfil da sua empresa.

Veja como pagar menos imposto de renda em sua empresa

Entendidos os conceitos básicos do IRPJ, bem como a diferença dele para o IRPF, vamos mostrar algumas estratégias que você pode adotar para reduzir este imposto dentro da sua empresa. Acompanhe!

Utilize o regime tributário correto

O regime tributário é um dos principais elementos que reduzem o montante pago do IRPJ. Isso ocorre pelo simples fato de esse elemento ser o responsável pela apuração do lucro de uma empresa e, como o imposto incide sobre a lucratividade, é muito importante ter atenção a esse critério.

Existem três modalidades diferentes: o Lucro Real, o Presumido e o Simples Nacional. Cada um deles tem particularidades muito específicas e é necessária uma profunda análise para selecioná-lo. Um erro nessa escolha pode fazer a empresa ter que pagar mais impostos que deveria.

Aproveite benefícios fiscais

Outro ponto que precisa de atenção é o aproveitamento de benefícios fiscais. O Governo Federal, com objetivo de aquecer o mercado de determinado segmento ou região, pode criar benefícios como redução de alíquotas e bases de cálculo. Sendo assim, é importante que você fique atento a essas vantagens e saiba aproveitá-las, caso elas apareçam e possam ser utilizadas por negócios do seu segmento.

Conte com a ajuda de um profissional contábil

Por fim, não há como se discutir em definição de regime tributário ou aproveitamento de benefícios fiscais sem contar com o apoio de um profissional da contabilidade e, de preferência, que tenha experiência em negócios da área médica.

Esse prestador de serviços saberá, exatamente, à qual modalidade de apuração de lucros você poderá se adequar, otimizando a aplicação da Lei, evitando deslizes com reação aos seus preceitos e contribuindo para que você tenha acesso a benefícios fiscais disponíveis.

Ao seguir essas dicas e contar com o apoio do profissional de contabilidade, você conseguirá pagar menos imposto de renda em sua clínica médica. Isso impactará diretamente os resultados da sua empresa, gerando mais lucros e contribuindo para o seu crescimento ao longo dos anos.

Gostou deste artigo? Quer ficar por dentro de todas as novidades que postarmos em nosso site a partir de hoje? Então, curta nossa página no Facebook e não perca nenhuma nova postagem.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.